© 2014 - 2016 by Almofariz Farmácia de Manipulação
Desenvolvido por:

Cinco coisas que você precisa saber sobre intolerâncias alimentares!

 

 

 

Presentes em 40% da população, as intolerâncias alimentares são frequentemente confundidas com alergias. Os sintomas são diversos e, algumas vezes, parecidos, por isso, podendo gerar dúvidas! Para tanto, elencamos algumas informações sobre esse problema tão comum e despercebido pela maioria das pessoas, acompanhe:

 

Não confunda com alergia

As reações físicas relacionadas aos alimentos são comuns, mas quase sempre se trata de uma intolerância, e não de alergia. Vamos às principais diferenças: alergia é a resposta imunológica do organismo ao reconhecer algo que determina como prejudicial, sendo que a intensidade independe da quantidade de substância ingerida. Já a intolerância é considerada a incapacidade de metabolizar um alimento por deficiência ou ausência da enzima necessária para isso, ou seja, tem relação com a quantidade, dependendo do caso.

 

Não se trata de uma doença grave

Diferentemente da alergia, a intolerância não é considerada perigosa. Causa desconfortos digestivos, como cólicas, gases, diarreias e náuseas, que podem surgir horas ou até dias após o consumo da substância indesejada. A intensidade do quadro depende não só da quantidade ingerida do alimento, mas, também, da disposição da enzima essencial para sua digestão.

 

Sintomas diferentes

Por serem dois comportamentos específicos do organismo, os sintomas se diferem, sendo que, na alergia, há reações de coceira, vermelhidão e inchaço no rosto. Nas intolerâncias, por conta de sua etiologia, os sinais mais frequentes estão relacionados ao sistema gastrointestinal, como diarreia, cólica e distensão abdominal.

 

O leite não é o único vilão

A mais comum de todas as hipersensibilidades é a intolerância à lactose, que normalmente se manifesta quando o organismo produz em quantidade inadequada a enzima necessária para metabolizar esse açúcar. É mais frequente que o corpo perca, progressivamente, a capacidade de produzir a enzima e os desconfortos comecem a surgir, por isso, é mais acometida na fase adulta. Mas o leite não é o único vilão, há também glúten, sulfitos (substâncias conservantes usadas nos vinhos), as tiraminas presentes em queijos e chocolates e os corantes, que são fontes frequentes de intolerância.

 

O diagnóstico pode ser tardio

Como os sintomas podem ser limitados e nem sempre contínuos, pode se passar anos até que se descubra a causa dos desconfortos gastrointestinais. O ideal é procurar um especialista para obter um diagnóstico precoce, pois os desconfortos são desagradáveis! Pensando nisso, conheça os produtos que a Almofariz fornece para auxiliar nesses casos, como Glutalytic, que reduz o desconforto causado pelo glúten; Dairylytic, que atua na quebra da lactose; e Prohydrolase, responsável por facilitar a digestão de proteínas!

 

 

 

 

 

 

Please reload